SÁBADO, 05 DE DEZ DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - MEIO AMBIENTE
29 DE SETEMBRO DE 2020
Probiomas e AngloGold se unem para salvar nascentes no município

Empresa cria viveiro para recomposição florestal do Córrego São José

Em parceria com a AngloGold Ashanti, a empresa Probiomas criou o projeto “Produção e Plantio de Mudas Nativas Frutíferas para Recomposição Florestal do Córrego de São José em Sabará-MG”, como o intuito de produzir e plantar mudas nativas e frutíferas para recomposição florestal do entorno do córrego que abriga cerca de 160 famílias de sitiantes e mantém nove nascentes e água em qualidade e quantidade suficientes para suprir centenas de famílias na cidade. O projeto consiste na implantação de um viveiro instalado no Sítio Vovó Cecília, na área rural de Sabará, e conta com mais de 32 espécies nativas.

A região onde é realizado o projeto está localizada a 3 Km, em linha reta, da mina de Cuiabá e de Lamego da AngloGold. O local convive com a redução da disponibilidade de água e da cobertura florestal, próximo às nascentes e cursos d ́água, devido ao crescimento dos empreendimentos rurais (sítios, chácaras e condomínios) e minerais (ampliação das áreas exploradas e das áreas de despejo de resíduos minerais). Além dos incêndios florestais, contaminação do solo, da água e outros agravantes.

Este projeto tem a participação de 160 sitiantes que formam o Grupo de Sitiantes Sustentáveis de Sabará. “Através de encontros realizados entre os proprietários de terra, chegou-se à conclusão de que seria possível construir um corredor ecológico experimental margeando o curso d’água do córrego São José e o entorno das nascentes, com raio de 50 metros”, explicou o idealizador e consultor do projeto, Fernando Antônio Madeira.

De acordo com Madeira o projeto é de grande importância ambiental para Sabará, pois além de fazer a recomposição florestal de nascentes e áreas ciliares no entorno do córrego - responsável pela manutenção de 11 mil pessoas na cidade-, tem o objetivo de melhorar a quantidade e qualidade das águas da sub-bacia do Ribeirão Sabará/Caeté. Ressaltou também que o projeto é referendado pelo CBH – Rio das Velhas (Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas).

O Viveiro

O viveiro de produção de mudas é uma área de terreno que se destina à produção, ao manejo e à proteção de mudas até que elas estejam prontas para serem plantadas em local definido. Abriga três áreas produtivas: banco de sementes para beneficiamento e armazenamento das sementes coletadas no campo; o sementário para quebra de dormência das sementes; o berçário para o desenvolvimento das mudas; a casa de vegetação para crescimento das plantas e a área de rustificação para aclimatação das plantas para serem transportadas e plantadas.

O local é aberto à visitação pública, para conhecer o viveiro é necessário agendar horário pelo telefone (31) 3564 -0791.

Em 2019 o projeto doou mais de 5 mil mudas para os sitiantes capacitados e comprometidos com a causa, além de 3 mil mudas plantadas e mantidas pela Probiomas no entorno das principais nascentes e áreas de recarga hídrica do Córrego São José.

Sobre a empresa

A Probiomas – Produtos e Serviços Ambientais foi criada para desenvolver soluções socioambientais ecologicamente sustentáveis e socialmente justas. Possui como principais linhas de atuação e pesquisa a recomposição florestal de ecossistemas fragilizados pela ação do homem através do plantio de frutíferas nativas, a capacitação de trabalhadores rurais e o desenvolvimento de arranjos produtivos locais sustentáveis. Conta com uma equipe técnica capacitada, formada por doutores e pós-doutores formados nas principais universidades e centros de pesquisa do Estado de Minas Gerais. Para saber mais sobre a empresa acesso o site www.probiomas.com.br .

MEIO AMBIENTE
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados