QUINTA-FEIRA, 02 DE JUL DE 2020
Untitled Document
NOTICIÁRIO - POLÍTICA
28 DE MAIO DE 2020
Pandemia: Por onde andam os vereadores?

Desde o início da pandemia do coronavírus e das medidas de isolamento social impostas pelos decretos municipais para evitar aglomerações, os anexos I e II da Câmara Municipal, onde se localizam os gabinetes dos vereadores estão fechados para atendimento ao público.

Nessa situação, uma das formas da população entrar em contato com seus representantes é pelo site da Câmara Municipal. Mas se ao pesquisar a página do vereador não encontrar número de telefone ou endereço eletrônico, a comunicação não acontecerá. E nada adianta também, se caso tenha algum tipo de contato, não ser atendido. Para quem quiser se informar como está o trabalho do legislativo, consultar projetos e obter outras informações de interesse público, verá que o site está desatualizado.

Para saber como estão os atendimentos à população nesse período de crise sanitária, a Folha de Sabará entrou em contato com os 15 vereadores por meio das informações contidas do site da Câmara, e apenas três responderam até o fechamento da edição. O vereador Willian Borges (PV), retornou por meio da Assessoria de Comunicação informando que os trabalhos do gabinete continuam normalmente e podem ser acompanhados pelas redes sociais e perfis oficiais do vereador. Por telefone, o vereador José Roberto Fernandes (PSB), disse que o trabalho de sua equipe “está normal”. O vereador Marcus Aurélio de Oliveira (PSB) que é também presidente da Câmara Municipal, retornou por email informando que “está tudo normal com restrições devido à pandemia”.

Já o vereador Guilherme Alves entrou em contato com a redação informando que o Gabinete esta funcionando porém com horário marcado. Mas a sua equipe está trabalhando e todas informações podem ser acompanhadas pelas redes sociais do vereador.

A casa do povo

No que se refere ao funcionamento da Câmara Municipal de Sabará, a Casa informou por meio da assessoria da presidência, que os trabalhos estão acontecendo normalmente, em período integral, de 9h às 18h, sem atendimento ao público. As pessoas que necessitam ir ao Legislativo, adentram usando máscara e recebem álcool em gel na entrada. Perguntado sobre as reuniões no plenário, a assessoria disse que a Câmara Municipal está fazendo reuniões extraordinárias presenciais e que todos os vereadores utilizam máscaras e ao entrarem na Casa, higienizam as mãos com álcool em gel.

Neste período alguns projetos foram aprovados na Casa, mas nenhum para reduzir os impactos da Covid-19 no município: Projeto de Lei 005/20 - Institui a Semana de Prevenção e Combate ao AVC – Acidente Vascular Cerebral no âmbito do Município; o Projeto de Lei 006/20 - que institui a Semana Municipal da Alimentação Consciente e o Projeto de Lei 007/20 que dispõe sobre a obrigatoriedade de reserva de mesas e cadeiras para idosos, gestantes e pessoas com mobilidade reduzida nos restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos do setor gastronômico no âmbito do Município, todos de autoria do vereador Reginaldo Ferreira Pinto. Outro PL aprovado foi o de número 012/20, sobre a adoção de lixeiras por particulares que se refere a instalação das mesmas ao longo das vias públicas, de autoria do vereador Marcus Aurélio de Oliveira.

Ainda de acordo com a assessoria da presidência da Câmara Municipal, no mês de maio as reuniões plenárias ocorreram nas datas 05, 12 e 19 de maio. No dia 05 de maio foi aprovado o PL 009/2020 – do Poder Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional especial no valor de R$579.647,85, valor este que será destinado ao Fundo Municipal da Infância e Adolescência e Fundo Municipal do Idoso, quantias de R$ 393.039,96 e R$ 186.607,89, respectivamente. Dentre os assuntos da pauta do dia 12 de maio, foi aprovado um projeto do Poder Executivo, o PL 010/2020, que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária de 2021. No dia 19/05 os vereadores aprovaram outro projeto do Executivo, PL 013/2020, que autoriza a abertura de crédito no valor de R$1.200,00 destinado a manutenção de atividades da Câmara Municipal.

O coronavírus não tem partido político e não escolhe suas vítimas. A pandemia não afeta somente a saúde e a economia, com certeza terá reflexo nas urnas eleitorais neste ano. No momento de crise cabe a cada cidadão observar os seus representantes e o que estão fazendo em prol da população e para o bem coletivo.

POLÍTICA
04 DE OUTUBRO DE 2019
É legal, mas é imoral!
27 DE DEZEMBRO DE 2019
PM fecha 2019 com balanço positivo
29 DE JUNHO DE 2020
Por onde andam os vereadores?
26 DE DEZEMBRO DE 2019
Prefeitura fecha 2019 com conquistas
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados