QUARTA-FEIRA, 13 DE NOV DE 2019
Untitled Document
NOTICIÁRIO - SOCIAIS
01 DE NOVEMBRO DE 2019
Projeto Cidadão leva educação para crianças de baixa renda

“Só é possível ensinar uma criança a amar, amando-a”.

Fundado há 21 anos, o Projeto Cidadão atende cerca de 80 crianças que estão em risco social com o objetivo de formar para a vida e para o trabalho, criando bons hábitos e desenvolvendo um bom padrão de cidadania. O espaço recebe crianças com idade entre 6 e 10 anos em horário extraescolar, sendo obrigatório que elas estejam matriculadas na escola.

Nesse projeto as atividades são preferencialmente ao ar livre, interativas e lúdicas para despertar o interesse das crianças, deixando de lado o tradicional giz e quadro negro. O prédio do projeto é moderno e possui biblioteca, além de um sistema de ensino digital.

No local há um trabalho intenso de português e matemática porque a criança que está no projeto precisa ler, escrever e interpretar, além de saber fazer as quatro operações matemáticas muito bem. Além disso, há atividades para desenvolver o raciocínio lógico e o domínio do português. É importante ressaltar que a criança ganha uma camisa e todo material didático, além de um lanche reforçado todos os dias e participa de oficinas de dança, teatro, inglês, artesanato, artes plásticas, entre outras.

De acordo com Alessandra Mendes, presidente do Projeto Cidadão, nem todas as crianças tem uma família estruturada e por isso eles trabalham muito o valor do pertencimento, da responsabilidade e do respeito ao próximo. “A gente planta a semente do bem e esse aprendizado fica na memória. Vários ex-alunos já fizeram curso superior e hoje já temos filhos de alguns deles participando do projeto”, afirma Alessandra.

A presidente do projeto acredita que se cada um fizer um pouco nós vamos ter um mundo melhor. “Não temos que ficar de braços cruzados esperando o governo tomar providências e somente ele cuidar da comunidade e das pessoas”, diz. Já Lauriza Soares Mendes, que está no Projeto Cidadão desde o início, falou da alegria de participar desse trabalho. “Tudo isso me dá muita satisfação e quando eu encontro um ex-aluno já adulto vejo que ele têm muito carinho comigo e isso é gratificante”, disse Lauriza.

O Projeto Cidadão se mantém através de doações, além de recursos provenientes da realização de bazar, eventos e festas beneficentes. Sua equipe conta com pedagoga, auxiliar administrativo, cantineira e educadoras sociais A sede está localizada na Rua Padre Nico, 670, Córrego da Ilha. O projeto abrirá inscrições para 2020 a partir do dia 15 novembro. Os pais ou responsáveis interessados em matricular alguma criança devem entrar em contato através do telefone 99510-6701 ou 3674-7802. As vagas são para crianças de baixa renda, com idade entre seis e dez anos e que vivem nas proximidades do projeto.

SOCIAIS
02 DE ABRIL DE 2015
Campanha Eu amo minha mãe!
31 DE OUTUBRO DE 2019
Festa para um legado
21 DE JULHO DE 2019
Rotary Club tem novo governador
31 DE OUTUBRO DE 2019
Olhando para o Futuro
04 DE DEZEMBRO DE 2018
DONA VÊNICA: uma vida exemplar
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados