SEGUNDA-FEIRA, 19 DE NOV DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - SOCIAIS
24 DE ABRIL DE 2018
Projeto Superar completa um ano

Superação. Esse é o objetivo do Projeto Superar que no dia 17 de março comemorou um ano, tendo recebido nesse período pelos menos 200 crianças e adolescentes.

Para comemorar essa data tão especial os coordenadores do projeto, o psicólogo Evanézio Miranda, e o profissional de gestão humana, Cláudio Nascimento, organizaram uma grande festa com a colaboração de voluntários, das famílias das crianças e comerciantes locais. A festa teve diversão com músicas, brincadeiras variadas e claro muita coisa gostosa como cachorro quentes e outras guloseimas.

O projeto nasceu há um ano na Vila São José em General Carneiro e tem a intenção de tirar crianças e adolescentes da ociosidade, através da prática de esporte e lazer, afastando os meninos da criminalidade, já que vivem em situação de vulnerabilidade.

As crianças jogam futebol, têm aulas de taekwondo e ainda brincam com jogos educativos e fazem leitura. Além do lazer, o projeto oferece palestras educativas para as crianças. Os temas são bem próximos da realidade dos adolescentes como a importância do estudo, o respeito aos mais velhos, a interação com a família, os malefícios das drogas e da criminalidade, entre outros.

Os coordenadores dizem que durante o bate papo mostra para os meninos que sempre existe um caminho melhor a seguir do que a criminalidade. O objetivo é mostrar para as crianças que além daquele universo que ela foi criada, existem muitas possibilidades E o exemplo são eles próprios que sempre moraram na Vila São José e conseguiram superar todos os desafios encontrados através dos estudos. “Eu fui a primeira pessoa da minha família, após várias gerações, a frequentar um faculdade. Por isso, minhas duas filhas já estão na faculdade”, diz Cláudio.

Evanézio também conta sua experiência para as crianças. “Eu falo com eles: ‘Eu já fui para aula descalço, não tinha nem mochila, era um saquinho de arroz e olhem onde eu cheguei. Vocês também podem’”, conta o psicólogo.

A conversa não acontece só com as crianças, os coordenadores trocam ideias com os pais. “Nós procuramos implicar a família nesse processo. É importante os familiares participarem e estarem presentes”, ressalta o psicólogo.

O projeto tem ainda parceria com o PET (Programa Educação e Trabalho) da Fundação CDL- Pró-Criança que tem o objetivo de ser o elo entre os jovens em busca da primeira experiência profissional e empresas socialmente responsáveis. E o Programa Ação Jovem da Cruz Vermelha que oferece para jovens entre 15 e 16 anos e seis meses um Curso de Capacitação para o Trabalho com a possibilidade de serem encaminhados para o mercado de trabalho.

Os coordenadores do projeto dizem que contam com o apoio da Prefeitura através da liberação do espaço e de pequenos comerciantes da localidade que doam com alguma verba ou alimentação, já que todos os sábados são distribuídos lanches para as crianças. Eles contam que o projeto está no processo de regularização o que facilitaria na arrecadação de verba para manter o projeto e desenvolver outras atividades.

Eles estão a procura de novos voluntários, como profissionais ou estudantes de Educação Física, pedagogos, psicólogos ou qualquer outra pessoa que queira contribuir. O projeto acontece todos os sábados das 8h às 12h na quadra da Rua Montes Claros, bairro Vila são José. Cerca de 70 crianças e adolescentes participam toda semana. Quem se interessar basta chegar ao local e fazer a inscrição com os coordenadores. Toadas às atividades são gratuitas.

Mais informações sobre os programas: www.fundacaocdlbh.org.br e www.cvbmg.org.br .

SOCIAIS
14 DE MAIO DE 2018
Ser mãe: um grande desafio
24 DE ABRIL DE 2018
Projeto Superar completa um ano
02 DE ABRIL DE 2015
Campanha Eu amo minha mãe!
27 DE JULHO DE 2018
E ela se foi: Nazinha!
30 DE OUTUBRO DE 2018
Luta por uma vida mais digna
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados