QUINTA-FEIRA, 20 DE SET DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma

Sabarense lança livro inspirado em sonho e destina lucro para compra de tomógrafo

Na última sexta-feira, 29, Fernando Ramos Eliseu lançou seu primeiro livro: “Diário de uma Alma”. O lançamento aconteceu no Restaurante Bar Ôco com a presença de amigos e familiares do escritor. A obra ajudará uma causa nobre, toda a renda alcançada será destinada ao Rotary Internacional para a compra de um tomógrafo para o Hospital da Baleia.

Fernando que pela primeira vez se aventurou pelo mundo da literatura conta que o que o inspirou a escrever o livro foi um sonho que teve em 2005. “Esse livro partiu de um sonho. Foi um protetor que me orientou, chamado Zé de Clovis, ele que intermediou a história do personagem e eu escrevi. Ele me acompanhou durante toda a escrita”, conta.

A questão espiritual gerou um conflito na vida do escritor que sempre foi e continua sendo católico. “Meu lado católico ficou conflitante. Eu falava: ‘Gente, eu não posso estar vivendo isso! ’Mas depois a gente consegue compreender e vê que não tem como evitar”.

Fernando diz que o livro conta a história de Antônio que em um passado recente teve alguns casos amorosos, mas que agora ele teve a oportunidade de resgatar e acertar suas dívidas, para que em uma próxima vida ele possa viver mais tranquilo e em paz.

Durante os 11 anos que o livro levou para ser construído, muitas coisas foram acontecendo para que se concretizasse da forma que tinha que ser. “Tudo correu ao seu tempo. O livro foi aflorando. Não dependia só de mim, tinha que ter uma sequência espiritual”, diz.

Mas o sonho, a inspiração e as interferências de Zé de Clovis tinham um motivo maior. “Este livro, sempre foi dito a mim que seria doado para alguma instituição. Então o intuito era esse”. Quando o livro ficou pronto, o escritor passou a oferecer para algumas instituições, mas nenhuma aceitou. O que o escritor achou muito estranho.

A explicação viria durante uma reunião do Rotary Jaraguá. Integrante do clube com sua esposa há seis anos, Fernando encontraria no Rotary o caminho para a doação de seu livro. “Nessa reunião nós recebemos a visita de uma coordenadora do Hospital da Baleia pedindo a contribuição para a compra de um tomógrafo que custa U$ 180 mil. Então o Rotary Barro Preto e Jaraguá aderiram à campanha, junto com outros clubes de Rotary do Brasil. Foi aí que me veio a luz. Então decidi passar toda a arrecadação do livro para a causa”, conta.

Quando a causa é boa os caminhos se abrem. A edição do livro pela editora Del Rey ficaria em R$ 12 mil, mas Fernando conseguiu um belo desconto, já que seria para doação, o serviço saiu por R$ 4 mil. Ele conseguiu um apoio de R$ 800. O restante foi financiado por seus recursos próprios. “As portas foram se abrindo e o livro tornando realidade”, diz.

Foram impressos 750 exemplares. A venda será feita através do Rotary Club ou pelo próprio escritor. Quem se interessar pode procurar o Rotary Sabará, o próprio escritor através do telefone: 9 9726 1732 ou Maria Bonita: 99842-4137

CULTURA
08 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
31 DE OUTUBRO DE 2017
Dez anos do Sarau de Sabará
05 DE MARÇO DE 2018
Carnaval da paz e da Alegria
05 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
29 DE MARÇO DE 2018
Mensageiros da paz e da alegria
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma
13 DE OUTUBRO DE 2017
Entre duas Pátrias
27 DE JULHO DE 2018
A arte de bordar
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Poeta das imagens
05 DE MARÇO DE 2018
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados