DOMINGO, 27 DE MAI DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
07 DE AGOSTO DE 2017
“A orquestra já nos chamou...Abri meu coração, tremeu o chão...”

O último sábado, 29, o sabarense pôde mais uma vez se encantar com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais que se apresentou na cidade pelo segundo ano seguido. A noite fria e chuvosa não foi suficiente para espantar o público da Praça Melo Viana que compareceu em grande número para assistir um belíssimo espetáculo. Em 2016, a apresentação foi um sucesso, com a presença de mais de 2.500 pessoas e este ano não foi diferente.

Sob a regência do maestro Marcos Arakaki o público apreciou um repertório, marcado pela diversidade, com obras como Pompa e Circunstância: Marcha nº 1, de Elgar; A danação de Fausto: Marcha Húngara, de Berlioz; Rosamunde: Abertura, de Schubert;Tik-Tak Polka, de J. Strauss Jr.; Condor: Abertura, de Carlos Gomes; Eugene Onegin: Valsa, de Tchaikovsky; Rapsódia Húngara nº 2, de Liszt; e Carmem: Prelúdio, de Bizet e fechando magistralmente com o infalível "Tico-tico no fubá" de Zequinha de Abreu no bis.

O evento é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas Gerais e AngloGold Ashanti, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. As ações contam com o apoio das prefeituras locais.

“Um dos objetivos da AngloGold Ashanti, na sua atuação junto às comunidades, é promover e valorizar a cultura nas cidades onde a empresa opera. As apresentações da Filarmônica são uma rica oportunidade de assistir a uma apresentação de qualidade internacional”, ressalta Camilo Farace, vice-presidente da AngloGold Ashanti Brasil.

Para o maestro associado da Filarmônica, Marcos Arakaki, os concertos de praças são uma forma do público se aproximar da Orquestra por meio de informações e histórias que serão importantes para o conhecimento da música clássica.

Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Com quase dez anos de vida, a Filarmônica de Minas Gerais recebeu sete prêmios de cultura e desenvolvimento social, efetivando-se como um dos projetos mais bem-sucedidos de Minas Gerais e do Brasil no campo da música erudita.

Sob a direção artística e regência titular de Fabio Mechetti, a Orquestra é atualmente formada por 90 músicos provenientes de todo o Brasil, Europa, Ásia, Américas Central, do Norte e Oceania, selecionados por um rigoroso processo de audição.

Desde a sua criação, em 2008, até junho de 2017, a Filarmônica realizou 672 concertos, com execução de 890 obras de compositores brasileiros e estrangeiros para mais de 874 mil pessoas, sendo que mais de 43% do público pode assistir às apresentações gratuitamente em praças da Região Metropolitana de Belo Horizonte e em 96 concertos no interior de Minas. O impacto desse projeto artístico durante os anos também pode ser medido pela geração de 60 mil oportunidades de trabalho direto e indireto.

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
08 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
08 DE JUNHO DE 2017
Festa de letras e encanto
07 DE AGOSTO DE 2017
Paixão por contrastes e misturas
31 DE OUTUBRO DE 2017
Dez anos do Sarau de Sabará
05 DE MARÇO DE 2018
Carnaval da paz e da Alegria
05 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
20 DE FEVEREIRO DE 2017
Aerofusca com muitas novidades
29 DE MARÇO DE 2018
Mensageiros da paz e da alegria
20 DE FEVEREIRO DE 2017
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma
13 DE OUTUBRO DE 2017
Entre duas Pátrias
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Poeta das imagens
05 DE MARÇO DE 2018
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados