DOMINGO, 27 DE MAI DE 2018
Untitled Document
NOTICIÁRIO - CULTURA
30 DE ABRIL DE 2015
Exposição na Assembléia legislativa marca estreia do Museu do Bordado Itinerante

Uma exposição inédita no Espaço Cultural da Assembleia Legislativa de Minas, com mais de 100 peças, marca a estreia do Museu do Bordado Itinerante. A mostra será aberta no próximo dia 11 de maio, segunda-feira, à 19h, com coquetel para convidados. A visitação ao público será de 12 a 16 de maio, das 8 às 20h, com entrada franca.

A data coincide com a Semana Nacional dos Museus, em comemoração ao Dia Internacional de Museus, em 18 de maio. Realizada desde 2003 em todo o país, o objetivo da Semana é estimular a visitação e incentivar a aproximação entre sociedade e museus.

Fundado há mais de uma década pela artista plástica mineira Beth Lírio, o Museu doBordado é inédito no Brasil, está incluído no Guia Nacional dos Museus, do Ibram, e funciona com visitas agendadas no andar superior da casa de sua curadora, no Bairro Cidade Nova, em Belo Horizonte. Reúne mais de 2 mil peças catalogadas, com datas e a história das famílias que as doaram, as técnicas de ponto utilizadas, o período em que foram feitas. Além dos bordados – toalhas, colchas, vestidos de noiva, lençóis, fronhas, toalhas de batismo e camisolas, algumas datando de 1790 – os crochês também são destaque.

O acervo cresce a cada dia, por conta das doações de várias partes do país, segundo Beth Lírio. As peças contam um pouco da história das mulheres mineiras e brasileiras. A curadora destaca que, além do Museu do Bordado, existem somente outros dois similares no mundo, um em Nice, outro na Ilha da Madeira.

Durante a exposição, vai ser lançada a base de um livro que conta a história de cada peça e das famílias dos doadores. Há dez anos, Beth Lírio, filha de uma famosa bordadeira da cidade de Aimorés, começou a catalogar peças bordadas que tinha em seus guardados. Nascia ali o Museu do Bordado. A primeira peça do acervo foi uma camisola de 1815.

Atualmente, o museu recebe caravanas de estudantes de moda, de design, de história de belas artes e de museologia de vários estados, além de excursões de grupos de terceira idade, de pessoas com deficiência participantes de programas de reabilitação da Prefeitura de Belo Horizonte, e de associações de bordadeiras de todo o Estado, muitas delas de municípios onde a economia gira em torno do bordado.

De acordo com Beth, mais do que material para estudo acadêmico, a exposição das peças tem efeito terapêutico e leva os visitantes a resgatar lembranças familiares marcantes.

CULTURA
27 DE ABRIL DE 2015
REGISTRO ÚNICO E INOVADOR
08 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
08 DE JUNHO DE 2017
Festa de letras e encanto
07 DE AGOSTO DE 2017
Paixão por contrastes e misturas
31 DE OUTUBRO DE 2017
Dez anos do Sarau de Sabará
05 DE MARÇO DE 2018
Carnaval da paz e da Alegria
05 DE MARÇO DE 2018
Paixão pela literatura
20 DE FEVEREIRO DE 2017
Aerofusca com muitas novidades
29 DE MARÇO DE 2018
Mensageiros da paz e da alegria
20 DE FEVEREIRO DE 2017
13 DE OUTUBRO DE 2017
Diário de uma Alma
13 DE OUTUBRO DE 2017
Entre duas Pátrias
26 DE DEZEMBRO DE 2017
Paixões de uma vida em livros
21 DE NOVEMBRO DE 2017
Poeta das imagens
05 DE MARÇO DE 2018
SIGA A FOLHA DE SABARÁ:
2015 © Todos os direitos reservados